Mercedes inicia a venda do EQC 400 com preço a partir de R$ 575 mil 

Primeiro elétrico da marca tem 408 cv e  autonomia supera 400 km

Apresentado à imprensa especializada no início do ano, o Mercedes EQC 400 (fotos: Mercedes-Benz) começou finalmente a ser comercializado na condição de primeiro veículo elétrico da marca no País. Este suve da categoria premium tem dois motores elétricos, cada um deles, um no eixo dianteiro e outro no traseiro e potência combinada de 408 cv, o que permite alcançar superar 400 km de autonomia com uma única carga de eletricidade na bateria de íon-lítio instalada sob o assoalho do veículo. Segundo o fabricante essa distância pode chegar até 445 ou 471 km quando utilizado o método NEDC, norma que a partir de setembro não será mais utilizada na Europa.

EQC 400 tem dois motores elétricos e baterias instaladas no centro da estrutura monobloco.

A rede ainda incipiente de pontos de recarga é um dos principais limitadores do uso de automóveis elétricos no País, situação que a Mercedes pretende mitigar com a inclusão de um equipamento (wallbox) apropriado para uso doméstico. Parceria com a Enel inclui a instalação residencial e bônus de energia de até um ano.

Traseira volumosa tem aspecto amenizado porlinhas sóbrias.

O interior do EQC 400 é digno do padrão da marca: os bancos do condutor e passageiro contam com ajuste elétrico e memória, que proporcionam maior comodidade no uso cotidiano. O modelo traz o sistema de infotainment da marca, Mercedes-Benz User Experience (MBUX), que permite ativar funções a partir do comando de voz “Hey Mercedes”, tornando cada vez mais prática e utilização de determinadas funções durante a direção. O sistema de som de alta performance Burmester é outro ponto alto do modelo.

Frente mantém linhas básicas do modelo equipado com motor térmico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.