F1 Spa: Hamilton de ponta a ponta

Ricciardo repete quarto lugar do grid e faz a melhor volta da prova

Siga-nos no Instagram

A chuva esperada não apareceu e quem dominou a cena, mais uma vez, foi Lewis Hamilton, que liderou de ponta a ponta o GP da Bélgica, disputado hoje no clássico circuito de Spa-Francorchamps. Foi a 89ª vitória do inglês, superado apenas por Michael Schumacher, que tem 91. Destaques da prova foram o bom desempenho da equipe Renault e o acidente de Antonio Giovinazzi.

Quarto na prova de classificação, Ricciardo repetiu o resultado no GP em que fez a melhor volta (Renault)

Em um traçado onde os motores ficam cerca de 80% de uma volta – ou seja 86”em uma volta de 1’48”- é percorrida em torno de 1’50”funcionando na rotação máxima o quarto lugar de Daniel Ricciardo e o quinto de Estebán Ocón mostraram que a unidade de potência francesa funciona cada vez melhor no chassi R.S. 20. Para harmonizar com esse resultado importante o australiano ainda marcou a melhor volta da prova (1’47”483) na última das 44 passagens.

Antonio Giovinazzi deixou escapar a traseira do seu Alfa Romeo-C39 e bateu forte (Orlen-Alfa Romeo)

Ao percorrer a volta 10 da corrida Giovinazzi perdeu o controle do seu Alfa Romeo ao percorrer a curva 11; para evitar um choque em T, o mais perigoso nessas circunstâncias, o inglês George Russell desviou para a esquerda, mas uma roda que soltou-se carro do italiano soltou-se e atingiu a frente do seu Williams FW43-Mercedes e o choque contra a barreira de proteção foi inevitável. Valtteri Bottas (Mercedes) e Max Verstappen (Red Bull), segundo e terceiro colocados respectivamente, completaram o pódio. A temporada prossegue domingo com a disputa do GP da Itália, em Monza.

Em Spa Verstappen não conseguiu acompanhar o ritmo dos Mercedes de Hamilton e Bottas (Red Bull)

Os 10 melhores do GP da Bélgica

1) Lewis Hamilton, Inglaterra, Mercedes W11, 44 voltas em 1h”24”24”216;

2) Valtteri Bottas, Finlândia, Mercedes W11, a 8”448;

3) Max Verstappen, Países Baixos, Red Bull RB16-Honda, a 15”455;

4) Daniel Ricciardo, Austrália, Renault R.S.20, a 18”877;

5) Estebán Ocón, França, Renault R.S.20, a 40”650;

6) Alexander Albon, Tailândia, Red Bull RB16-Honda, a 42”712;

7) Lando Norris, Inglaterra, McLaren, MCL35-Renault, a 43”774;

8) Pierre Gasly, França, AlphaTauri AT01-Honda, a 47”371;

9) Lance Stroll, Canadá, Racing Point RP20-Mercedes, a 52”603;

10) Sérgio Pérez, México, Racing Point RP20-Mercedes, a 53”179.

Hamilton (abaixo) e Verstappen, respectivamente líder e vice-líder no campeonato, celebram no pódio (Red Bull) 

Posições no campeonato:

1) Hamilton, 157;

2) Verstappen, 110;

3) Bottas, 107;

4) Albon, 48;

5) Leclerc e Norris, 45;

7) Stroll, 33;

8) Ricciardo e Perez, 33;

10) Ocón, 26.

Racing Point, Renault, Red Bull e Mercedes dominaram a cena no GP da Bélgica (Red Bull)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.