O disco furou

Brembo produz disco de freio com até 1.480 furos de ventilação

Tradicional fornecedora de componentes do sistema de freio nas principais categorias do automobilismo mundial, a Brembo vai disponibilizar seis opções de conjuntos de discos para a temporada 2020 da F-1. Derivados do equipamento usado em 2019, novas versões (detalhe da foto de abertura/Brembo) foram desenvolvidas para melhorar a dissipação de calor produzida nas freadas mais longas, consequência da menor carga aerodinâmica dos carros atuais.

Na maior parte dos casos usam-se discos com espessura de 32 mm na dianteira e 28 na traseira. Na versão de ventilação extrema os discos dianteiros têm 1.480 furos dispostos em sete filas radiais; os de alta ventilação tem 1250 distribuídos em seis filas e os de ventilação média exibem 800 furos em quatro linhas. Cada opção oferece diferentes sulcos (grooving) para dinamizar o processo de resfriamento. O discos traseiros são disponibilizados em duas especificações de ventilação: alta (1250 furos em cinco linhas) e média (800 furos em três linhas. As pinças têm seis pistões, o máximo permitido pelo regulamento da categoria, e são equipadas com pastilhas de carbono disponíveis em duas especificações. Esse conjunto enfrenta temperaturas de até 1.200 °C em circuitos como os do Bahrein e Abu Dhabi.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.