F-1 pode ter corrida na quarta-feira

Se a proposta lançada pelo austríaco Helmut Marko, e endossada pelo inglês Stuart Pringle, for levada a sério é bem possível que o calendário da F-1 possa ter duas, até três, corridas na mesma pista no espaço de cinco dias. A vantagem dessa ideia é permitir recuperar o atraso gerado pelos nove cancelamentos e adiamentos causados pela pandemia do Covid-19, solução que também representaria significativa economia de gastos em logística e facilitaria o controle sanitário das provas.

O GP da Áustria está programado par acontecer no dia 5 de julho e outra corrida no circuito poderia acontecer no dia 8. O calendário 2020 indica o dia 19 de julho como data do GP da Grã-Bretanha e, se a ideia vingar, no dia 23 os carros voltariam ao asfalto do antigo aeródromo militar de Northamptonshire. As provas aconteceriam com portões fechados ao público, que acompanharia tudo pela TV e internet. Fica no ar a dúvida sobre um risco de overdose, particularmente se outra conjectura, realizar uma corrida curta no sábado, além  de outra longa no domingo, também vingar…

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.