Cardozo Bastos re-eleito para novo mandato na FASP

14 clubes participaram do pleito realizado na sede da entidade

O atual presidente da Federação de Automobilismo de São Paulo, José Aloizio Cardozo Bastos (foto de abertura), foi re-eleito para uma novo mandato à frente da entidade paulista após eleição realizada hoje (17/01) na sede da entidade, em São Paulo. Completam a chapa apoiada por 14 clubes dos 22 filiados à FASP os nomes de Élcio de São Thiago (Primeiro Vice-presidente) e Paulo Scaglione (Segundo Vice-presidente). Desse total quatro não estavam em condição de votar por problemas burocráticos ou por estar em prazo de carência. O calendário do Campeonato Paulista de Automobilismo e a reaproximação com as empresas do setor automobilístico estão entre as principais frentes de trabalho defendidas por Cardozo Bastos.

“Atravessamos um momento particularmente difícil no esporte a motor, reflexo principal da crise econômica que assola o País há alguns anos. Mesmo assim não faltam pessoas com propostas para rever essa situação e trabalhar com seriedade para corrigir essa rota. Agradeço a todos eles o apoio renovado e a disposição de trabalhar seriamente”, declarou Cardozo Bastos. Um dos primeiros dirigentes a telefonar para Cardozo Bastos após a eleição foi o atual presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) Waldner Bernardo.

Entre as propostas de Cardozo Bastos para o mandato de quatro anos que inicia oficialmente dia 1º de fevereiro, estão o fortalecimento das atividades no interior do Estado e a promoção do Campeonato Paulista de Automobilismo, em especial das categorias Open Paulista e Marcas & Pilotos, além do seu tema principal, garantir o calendário paulista em Interlagos.

“Nosso campeonato de asfalto, o chamado “Paulista de Automobilismo” é o mais antigo e tradicional do Brasil e precisa ter um calendário a altura. Para a temporada 2020 criamos a categoria Open Paulista, que tem como objetivo incentivar o trabalho de preparadores e trazer de volta às pistas, entre outros, veículos que foram construídos para categorias específicas cujos campeonatos deixaram de existir. No mesmo campeonato vamos promover a renovação dos carros usados na especialidade Marcas & Pilotos através da adoção do regulamento do Campeonato Brasileiro.”

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.