SF70H, UMA FERRARI COM TUDO

Uma fina lâmina de fibra de carbono é usada como aerofólio auxiliar (Ferrari)

Novo F-1 da Scuderia tem aerodinâmica que mistura asa de barbatana com o segundo aerofólio testado pelo Mercedes W08. Seção central do monocoque lembra o 192-A, modelo de 1992 que explorou o conceito do duplo assoalho, proposta que não funcionou.

O detalhe do assolaho duplo explorado no modelo 192A de 1992 (badgergp.com)

3 Comentários

  1. Fala Wagner, parabéns pelo site, já “favoritei”. Semana bacana para a F-1 com a apresentação dos novos bólidos. Espero que diminua a hegemonia da Mercedes e tenhamos um campeonato mais equilibrado esse ano.

    Abraço!

  2. Sim, ansioso pelos testes de Barcelona, quando vamos começar a desvendar a relação de forças. É claro que a Mercedes, teoricamente, não vai perder a hegemonia, mas vai que…

    Esperando pela galera do AE que curte F-1 comentar por aqui.

    Bom Carvaval!

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.