Campos do Jordão ganha museu

Proposta inclui escola para formação de artesãos

Cidade famosa pela gastronomia de luxo e clima de montanha, Campos do Jordão há tempos é destino de rallies e encontros focados em carros clássicos, incluindo um ponto de encontro informal no posto de gasolina do Seu Américo, próximo à estacão de trem de Capivari. Esse movimento tende a ganhar uma nova dimensão com a construção de um museu dedicado à preservação de automóveis, iniciativa da Fundação Lia Maria de Aguiar, entidade que há anos desenvolve trabalho social dos mais sérios e focado em dar formação de dança, música e teatro à juventude local.

A estrada para Campos do Jordão frequentemente é percorrida por automóveis clássicos (Maharpress)

O Museu Escola já conta com cerca de 150 veículos, sendo que esse acervo inclui parte significativa da coleção formada pelo saudoso Og Pozzoli; além de preservar esses automóveis, o projeto inclui a organização de cursos voltados à formação de novos profissionais dedicados à mecânica, funilaria, pintura, tapeçaria e outras áreas necessárias à restauração de veículos de coleção.

Uma confraria informal se reúne regularmente em frente ao posto do Seu Américo (Camposdojordao.net)

No vídeo abaixo Luis Goshima, um dos responsáveis pelo projeto do Museu Escola, explica a proposta lançada oficialmente em encontro de carros raros realizado recentemente em Capivari, o bairro mais famoso da cidade serrana.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.