Hamilton e Vettel, Yin e Yang

(Wilkipedia)

Inglês já tem 70 poles
Seb larga em último
Massa é 11º

O resultado da prova de classificação para o GP da Malásia não poderia dar mais certo para Lewis Hamilton e mais errado para Sebastian Vettel: líder do campeonato, o inglês conseguiu a septuagésima pole position de sua carreira enquanto o alemão, seu mais direto perseguidor, não conseguiu marcar tempo e vai alinhar na última posição para a corrida que tem sua largada confirmada para as 04:00 (horário de Brasília) de amanhã. Felipe Massa abre a sexta fila do grid e mostra mais uma vez a decadência que marca a equipe Williams na segunda metade desta temporada.

Na Malásia Hamilton alcança 70 poles em sua carreira (Mercedes)

Expectativa ainda maior para a 15ª etapa da temporada do que a luta pelo título da temporada diz respeito à meteorologia local: no treino de sexta-feira fortes chuvas atrasaram toda a programação do dia e os efeitos fizeram-se sentir na preliminar de F-4 disputada hoje: sem treinos suficientes em uma rodada dupla nenhum carro terminou a corrida por falta de combustível!

Problema com turbocompressor relega Vettel ao último lugar no grid (Speedpress)

Como a Malásia é um país onde a chuva diária pode variar de uma tromba d’agua a uma verdadeira tempestade há motivos de sobra para acompanhar a corrida. Outras surpresas bem mais agradáveis da prova de classificação foram o bom desempenho do belga Stefan Vandoorne e do francês Pierre Gasly.

Stoffel Vandoorne larga em sétimo e é destaque do dia (McLaren)

Vandoorne larga três posições à frente do seu companheiro Fernando Alonso, resultado que lança dúvidas sobre a decisão da McLaren em romper seu acordo com a Honda. Estreante na F-1, Gasly ficou em 15º, imediatamente atrás do espanhol Carlos Sainz, resultado excepcional para um estreante. A melhor posição de largada de Esteban Ocón em relação ao seu companheiro de equipe Sérgio Pérez ( sexto e nono, respectivamente), já não pode ser considerada inusitada dado o progresso que o jovem francês tem demonstrado desde o início da temporada.

Francês Pierre Gasly impressiona em sua estréia na F-1 (RBCP)

O grid em Sepang:

1) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha), AMG-Mercedes W08, 1’30″076
2) Kimi Räikkönen (Finlândia), Ferrari SF70H, 1’30″121
3) Max Verstappen (Holanda), Red Bull RB13-Tag Heuer, 1’30″541
4) Daniel Ricciardo (Austrália), Red Bull RB13-Tag Heuer, 1’30″595
5) Valtteri Bottas (Finlândia), AMG-Mercedes W08, 1’30″758
6) Estebán Ocón (França), Force India VJ10-Mercedes, 1’31″478
7) Stoffel Vandoorne (Bélgica), McLaren MCL32-Honda, 1’31″582
8) Nico Hulkenberg (Alemanha), Renault RS 17, 1’31″607
9) Sérgio Pérez (México), Force India VJ10-Mercedes, 1’31″658
10) Fernando Alonso (Espanha), McLaren MCL32-Honda, 1’32″034
11) Felipe Massa (Brasil), Williams FW40-Mercedes, 1’32″034
12) Jolyon Palmer (Grã-Bretanha), Renault RS17, 1’32″100
13) Lance Stroll (Canadá), Williams FW40-Mercedes, 1’32″307
14) Carlos Sainz Jr (Espanha), Toro Rosso STR12-Renault, 1’32”402
15) Pierre Gasly (França), Toro Rosso STR12-Renault, 1’32″558
16) Romain Grosjean (França), Haas VF17-Ferrari, 1’32″611
17) Kevin Magnussen (Dinamarca), Haas VF17-Ferrari, 1’33”308
18) Pascal Wehrlein (Alemanha), Sauber C36-Ferrari , 1’33”483
19) Marcus Ericsson (Suécia), Sauber C36-Ferrari, 1’33”970
20) Sebastian Vettel (Alemanha), Ferrari SF70H, sem tempo

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*